um dia uma musica na saudade do fado

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

um ano depois



  • «Aquele velhote patusco que, numa das célebres noites do Caso  República, falava na Rua da Misericórdia com o Raul Rego, o João Gomes, o Vítor Direito, o Álvaro Guerra e o Manuel Alegre, diante daquela antiga pastelaria de envelhecidas prostitutas do prostituído Bairro Alto, tossindo à humidade da noite e chupando rebuçadinhos de alteia, era este o vosso criado que ali dizia -presente- porque em causa estava a Liberdade de Expressão, pilar que defende todas as liberdades, a que temos direito e que, em Justiça, teremos.»

Um comentário:

t disse...

até prova em contrario --estou com o manuel alegre.

Minha lista de blogs

Blog Action Day 2009

Arquivo do blog